Buscar

SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL PUBLICA EDITAIS DE CESSÃO DE DIREITOS MINERÁRIOS


Os editais sobre projetos nos estados do Pará, Paraíba-Pernambuco e Goiás passaram por audiências públicas e os leilões acontecem no dia 07 de dezembro.


Fomentar o desenvolvimento do setor mineral e promover investimentos em quatro estados. Com este objetivo o Ministério de Minas e Energia/ Secretaria de Geologia, Mineração e Transformação Mineral (MME/SGM) - por meio do Serviço Geológico do Brasil (SGB-CPRM) - publicou, nesta quarta-feira (21), os editais de cessão de direitos minerários das áreas de Caulim do Rio Capim/PA, Cobre de Bom Jardim de Goiás/GO, e Fosfato de Miriri/PB-PE.


A iniciativa reforça o compromisso da instituição com o desenvolvimento da Mineração brasileira, permitindo que o setor privado participe do processo de pesquisa e estudos sobre os depósitos. O leilão será realizado em 07 de dezembro de 2022, em Brasília – DF, a partir das 10h.


O diretor de Geologia e Recursos Minerais do SGB-CPRM, Marcio Remédio, destacou a importância da publicação para o fomento do setor mineral e para a geração de emprego e renda nas localidades. O diretor, recentemente, participou de um painel sobre ativos minerários, durante a Exposibram 2022, onde convocou as empresas para participarem dos leilões.

Saiba mais sobre as áreas:


Fosfato de Miriri


O projeto Fosfato de Miriri envolve um conjunto de áreas na região costeira de dois estados do Brasil, Paraíba e Pernambuco, com cerca de 45 km no sentido norte-sul - ao sul da cidade de João Pessoa/PB. Abrange os municípios de Alhandra e Pedra do Fogo, na Paraíba, e Goiana, em Pernambuco. As pesquisas minerais realizadas pelo SGB-CPRM indicaram um potencial de 102,9 milhões de toneladas de minério fosfatado. O projeto foi qualificado pelo Programa de Parcerias de Investimentos (PPI). São sete processos minerários que totalizam 6.112,18 hectares com 115 milhões de toneladas de minério de fosfato e com teor médio de 4,19% de P2O5.



Cobre de Bom Jardim


O edital sobre o Cobre de Bom Jardim trata do mineral presente na cidade de Bom Jardim, no estado de Goiás. A área corresponde a um ativo minerário de 1.000 ha que apresenta estudos detalhados da mineralização e recursos calculados em 4,5 milhões de toneladas de minério. O leilão é destinado à Cessão de Direitos Minerários para celebração de contrato de promessa de cessão e, posteriormente, a cessão definitiva dos direitos minerários.



Caulim no Rio Capim


O edital para cessão de área do minério caulim, no município de Ipixuna do Pará (PA) correspondem a duas áreas pesquisadas: Bloco Sul e Bloco Nortecom 10.000 hectares de área. No Bloco Norte, foram estimados 574 milhões de toneladas e no Bloco Sul o total de recursos foi de 218 milhões de toneladas de minério que corresponde a um volume total de aproximadamente 800 milhões de toneladas de caulim.



Os editais de licitação e os estudos realizados pelo SGB nas áreas a serem licitadas serão compartilhados aqui


Fontes/Créditos:


Assessoria de Comunicação Social

Assessoria de Comunicação

Serviço Geológico do Brasil - CPRM

Ministério de Minas e Energia

imprensa@cprm.gov.br



Mineração - Mining - Minería - SGM - MME

0 comentário