Buscar

ELES CRIARAM O PRIMEIRO ROBÔ MINEIRO


Mais de 4.770 metros acima do nível do mar o primeiro protótipo de um robô de mineração feito foi testado na Bolívia. Seu objetivo: detectar gases tóxicos, umidade e temperatura no interior das minas, para proteger a vida dos mineiros.


A ideia é preservar a vida das pessoas. Tivemos informações que gases tóxicos tinha um elevado grau de impacto sobre a saúde dos mineiros, a gama destes gases é enorme como o dióxido de carbono e monóxido de carbono, enxofre, entre outros. Determinamos que o robô detectasse não só determinados gases, mas também a temperatura medida e umidade dentro da mina.

Este explorador de mineração, que consiste de um braço robótico, uma câmara interna e dezenas de dispositivos que permitem a sua operação. Superou-se tanto fora como dentro da mina. Usado para visitar locais inacessíveis para uma pessoa e em superfícies instáveis ​​no topo da "Sumaj Orcko".

Para as condições extremas da mina estava determinado a construir um robô com um alto nível de autonomia. Os pesquisadores foram capazes de lidar com o dispositivo a mais de 200 metros de distância, espera-se que os seguintes testes sejam realizados a uma milha de distância.

O custo de explorador de mineração é de cerca de mil dólares, sem contar com a mão de obra e muitos materiais tiveram que ser importados de outros países.

Reportagem completa em:

Fontes/créditos:

http://mundogeo.com/blog/2015/02/10/projeto-inedito-usa-tecnologia-laser-3d-em-fornos-de-cimentos/

Por mundogeoconnect.com

#mineral #mining #minería #mineração #geologia #mina #Robô #técnicoemmineração

Parceiros 
Tec Mineração.jpg
2.png
CETEM.jpg
LAPROM.jpg
logo-cba.png
CPRM.jpg
  • facebook64x64
  • Clube da Mineração
  • twitter64x64
ANBEM.jpg
ANM.jpg

 Entre em Contato

© 2014 Clube da Mineração - Brasil