Parceiros 
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
  • facebook64x64
  • twitter64x64

 Entre em Contato

© 2014 Clube da Mineração - Brasil

CPRM PUBLICA: METALOGENIA DAS PROVÍNCIAS MINERAIS DO BRASIL: PORÇÃO SUL DA BACIA DO PARANÁ, RS.

20.05.2018

Fig. 1 O projeto MPMB estabeleceu como meta geral contribuir para o entendimento do potencial e vocação metalogenética das diferentes províncias geológicas que abrangem o território nacional, fomentando, assim, a exploração mineral. Envolve estudos temáticos de geologia básica e geologia econômica com uso de técnicas avançadas e sua execução e gerenciamento, na CPRM – Serviço Geológico do Brasil, foi de responsabilidade das unidades regionais (Superintendências e Residências), com supervisão nacional da Divisão de Geologia Econômica – DIGECO e coordenação geral do Departamento de Geologia e Recursos Minerais – DEREM.

 

        Neste relatório são apresentados os resultados e todos os dados geológicogeoquímicos obtidos durante o projeto Metalogenia das Províncias Minerais do Brasil, Porção Sul da Bacia do Paraná, cuja proposta baseou-se na “possibilidade da ocorrência de depósitos minerais de Ni-Cu (EGP) associados a Grande Província Ígnea Serra Geral (LIP-Large Igneous Province Serra Geral)”. A essência do problema é a existência de indícios geológico-geoquímicos da presença de metais-base, na forma de sulfetos de Ni, Cu, Co (Se, Sb, Hg, Bi, Au, Ag), óxidos de Cr, Ti e V, além de traços de EGP, com características semelhantes aos encontrados na região de Emeishan (China), Noril’skTalnakh (Sibéria) e Musckox (Canadá). Relações espaciais entre depósitos magmáticos relacionados a plumas mantélicas e rifts intra-cratônicos são os ingredientes chave para a formação destes depósitos, alguns exóticos e em uma relação atípica de desenvolvimento, como intrusões básicas contendo mineralizações de Hg e Au-Sb-Hg associados aos traps de basaltos da Bacia de Kuznetsk. Visando obter um panorama geoquímico característico para o potencial metalogenético desta LIP, foram tratados dados analíticos de 2073 amostras de sedimentos ativos de drenagem, acompanhadas de concentrados de bateia em áreas anômalas, cuja espacialização associada a geologia levou a interpretações geológico-metalogenéticas sobre o objeto proposto. O tratamento estatístico determinou valores anômalos e de background e possibilitou a identificação de áreas potenciais para depósitos de Cu-Ni (EGP), evidenciando a existência de alvos anômalos para associações do tipo Cu-Fe-Ni-Zn (± Cr-Co); Cr-Ti-V (Pt-Pd-Au-Hg), ligadas a zonas com baixos teores de S.

                                                             

 

 Acesse a publicação completa  Aqui 

 

 

CPRM

http://www.cprm.gov.br


 

Por  CPRM

 

 

 

Please reload

Please reload