Parceiros 
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
  • facebook64x64
  • twitter64x64

 Entre em Contato

© 2014 Clube da Mineração - Brasil

SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL FINALIZA MAPEAMENTO GEOLÓGICO DE 27 MIL KM² NO ESTADO DO CEARÁ

13.03.2018

 Banner do evento de lançamento, com a localização das folhas mapeadas na escala 1:100.000

 

Empresários, comunidade técnico-científica e órgãos de governo vão ter acesso a partir do dia 14 de março a novas informações geológicas, importantes para impulsionar novos investimentos do setor mineral e promover o desenvolvimento do conhecimento geológico no Estado do Ceará. O lançamento pelo Serviço Geológico do Brasil (CPRM) dos relatórios finais de nove projetos de cartografia geológica sistemática (escala 1:100.000) acontecerá às 14h, no Auditório do Departamento de Geografia, da Universidade Federal do Ceará (Bloco 911, campus do PICI). As folhas mapeadas, Banabuiú, Baturité, Bonhu, Crateús, Ipueiras, Itapiúna, Parambu, Quixadá e Senador Pompeu, correspondem a uma área de cerca de 27.000 km2, o que representa aproximadamente 20% de todo o território do Ceará. 

Conforme o geólogo da CPRM Edney Smith de Moraes Palheta, o avanço do conhecimento geológico e de recursos minerais nestas regiões é importante, pois as atividades relacionadas ao setor mineral já representam uma alternativa viável em relação à agricultura, que sofre com extensos períodos de estiagem. “Estes trabalhos finalizados pela CPRM ampliam a área com definição de potencialidades existentes no território do Ceará, estimulando novas pesquisas e futuramente a implantação de novas minas gerando oportunidades de trabalho e riqueza”, afirmou. Atualmente, cerca de 50% do Estado já está mapeado em escala de 1:100.000.

De acordo com o diretor de Geologia e Recursos Minerais da CPRM, José Leonardo Andriottti, novos investidores no setor mineral dependem de informações sobre geologia e recursos minerais. “A pesquisa geológica básica é fundamental para o avanço das geociências e para o desenvolvimento econômico de qualquer nação. Com a divulgação destes produtos, o Serviço Geológico reforça seu papel de instituição comprometida com o setor mineral e com o desenvolvimento do conhecimento geológico do território nacional”.

A elaboração dos produtos envolveu a integração de todos os dados e informações geológicas, tectônicas, geoquímicas, geofísicas e de recursos minerais disponíveis, disponibilizadas no banco de dados corporativo da CPRM, o GeoSBG. 

 

 

Nota Explicativa Banabuiú

 

Nota Explicativa Quixadá Itapiúna

 

Nota Explicativa Parambu

 

Nota Explicativa Senador Pompeu

 

Nota Explicativa Ipueiras

 

Nota Explicativa Baturité

 

Nota Explicativa Bonhu

 

Nota Explicativa Crateús

 

 

 

 

http://www.cprm.gov.br/

CPRM

Clube da Mineração 

 

 

 

Por CPRM

 

 

 

Please reload

Please reload