Parceiros 
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
  • facebook64x64
  • twitter64x64

 Entre em Contato

© 2014 Clube da Mineração - Brasil

A CPRM disponibiliza os produtos da Série Províncias Minerais do Brasil (CPRM)

16.09.2016

 

     Figura 1 - Disponíveis os produtos da Série Províncias

 

 

O Serviço Geológico do Brasil (CPRM) lançou, recentemente, os volumes 1, 2, 3 e 4 da série Províncias Minerais do Brasil, destinados à comunidade geocientífica, empresários do setor mineral e à sociedade em geral. Essa nova série de informes traz os resultados dos trabalhos executados para a avaliação dos recursos minerais do país. Os estudos englobam o Projeto Metalogenia das Províncias Minerais do Brasil (MPMB), e o novo empreendimento Áreas de Relevante Interesse Mineral (ARIM).

 

O primeiro produto – volume 1, lançado no primeiro semestre de 2016, “Áreas de Relevante Interesse Mineral” aborda as diretrizes dos projetos em execução nas províncias e distritos minerais selecionados buscando menores níveis de incerteza e riscos aos investidores. O trabalho propicia não somente a atração de investimentos privados, mas visa também à ampliação das reservas dos recursos minerais brasileiros.

 

Já os volumes 2, 3 e 4, “Metalogenia das Províncias Minerais do Brasil”, lançados no segundo semestre de 2016, visam contribuir para a ampliação do conhecimento do potencial e da vocação metalogenética das diferentes províncias geológicas que abrangem o território nacional.

 

Nesses novos estudos, o volume 2 focaliza a área Troia-Pedra Branca, no Estado do Ceará. A área foi selecionada em razão de representar uma das principais entidades geológico-metalogenéticas da região nordeste do Brasil, onde se destacam zonas favoráveis para conter mineralizações de ouro, elementos do grupo da platina, ferro, grafita e manganês.

 

O volume 3 destacou a área Sudeste do Tapajós, no Estado do Pará. A área foi selecionada em razão do potencial metalogenético histórico da Província Aurífera do Tapajós, com recursos de pelo menos 360 t de ouro e produção histórica não oficial que excede as 600 t de ouro, entre outras ocorrências minerais. Além disso, os estudos buscaram suprir a província com uma cartografia geológica em escala adequada.

 

Finalmente o volume 4 apresenta novos estudos da área Ilha Porto Escondido, no Estado do Mato Grosso. A área foi selecionada por possuir  elevado potencial para hospedar depósitos de cobre e ouro, com inúmeras lavras garimpeiras  operando na região desde o final da década de 1980, sendo a principal delas a que envolve os garimpos do Juruena e Novo Astro, localizados na margem direita do  rio Juruena, município de Nova Bandeirantes. A produção estimada na região é de  450.000 onças (14 t) de ouro até hoje.

 

 

Para baixar os quatro volumes disponíveis clique aqui. 

 

 

 

Fonte/Creditos: 

CPRM

www.cprm.gov.br
Ministério de Minas e Energia

 

http://www.cprm.gov.br/publique/Noticias/Disponiveis-os-produtos-da-Serie-Provincias-Minerais-do-Brasil-4334.html

 

Por CPRM

Please reload

Please reload