Parceiros 
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
mining, mineração, mineral, minería, 矿业 e geologia
  • facebook64x64
  • twitter64x64

 Entre em Contato

© 2014 Clube da Mineração - Brasil

A EXTRAÇÃO DE DIAMANTES NA RESERVA ROOSEVELT (EXTRAÇÃO DE DIAMANTES E OURO EM TERRAS INDÍGENAS NO BRASIL)

19.02.2016

Foto:http://andersonferreira-blog.blogspot.com.br/

 

O Ministério da Justiça deve começar a trabalhar a partir da próxima semana na elaboração de uma proposta que visa o processo de regulamentação da extração de diamantes e ouro em terras indígenas no Brasil. O assunto foi tema de uma reunião realizada na última quarta-feira com o ministro José Eduardo Cardozo e a bancada federal de Rondônia no Congresso Nacional. 

 

A proposta é bem polêmica pelo fato de envolver áreas que pertencem aos índios, mas que está sob o domínio da União. É um caminho longo que precisa ser percorrido. No município de Espigão do Oeste está localizada a reserva indígena Roosevelt, considerada uma das áreas mais ricas em diamantes. O local já foi cenário da chacina que resultou, em 2004, na execução de 26 garimpeiros. 

 

O garimpo ilegal foi fechado pela Polícia Federal logo após as mortes, mas a ação policial não foi o suficiente para barrar as pretensões de alguns garimpeiros na região. Alguns índios estariam auxiliando e facilitando o ingresso de garimpeiros no imenso garimpo a céu aberto. 

 

O garimpo existe e não há como fechar a porteira contra a garimpagem ilegal. Hoje a União não tem aparato policial suficiente na fiscalização da floresta e os cortes drásticos nas receitas do governo inviabilizaram a contratação de novos servidores. Os índios sabem o caminho das pedras e, muitas das vezes são usados por garimpeiros oportunistas que acabam aliciando caciques na corrida pelos diamantes. 

 

Tramita no Congresso Nacional, o Código de Mineração, cuja o relator é o deputado Laudívio Carvalho (MG). É preciso resgatar esse projeto e discutir com a assessoria jurídica do Ministério da Justiça. O Brasil paga um preço muito alto por não ter essa atividade regulamentada. Em tempos de crise na economia, a regulamentação dessas áreas seria o suficiente para recuperar a economia do País. 

 

Em 1983 houve uma alteração no Código de Mineração, aprovado por um decreto-lei de 1968. Ao longo desse período, a legislação brasileira sofreu várias modificações e esse código não foi atualizado. A participação do Ministério Público Federal (MPF) é de fundamental importância no processo de regulação da extração de diamantes. O Brasil não pode mais ficar assistindo a exploração ilegal de madeireiros e garimpeiros em áreas que pertencem à União. 

 

Fonte/créditos

 

Ariquemes Online

 

http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=302149&codDep=34

 

 

Por   Ariquemes Online

Please reload

Please reload